Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”
Luís Leite Ramos fala numa “peça literária de pura ficção”.
Luís Leite Ramos recorreu à sabedoria popular para caracterizar a intervenção socialista no debate do Orçamento do Estado para 2020. De acordo com o Vice-Presidente da bancada do PSD, o tom entusiasta dos socialistas faz lembrar o ditado «olha para o que eu digo não olhes para o que eu faço». “Olhar para as suas afirmações sobre o Orçamento e olhar para aquilo que foram os 4 anos de execução dos anteriores orçamentos deixa-nos muito preocupados e perplexos. O senhor falou em menos impostos e melhores serviços públicos, mas olhando para o passado outro ditado popular vem à cabeça: «gato escaldado de água fria tem medo». Os portugueses estão escaldados com 4 anos de cortes e cativações, malabarismos contabilísticos, mais impostos e menos investimento público e só podem desconfiar do que vai ser o próximo Orçamento”.
Para Leite Ramos “este não é um Orçamento, é uma peça literária de pura ficção. Só falta lá dizer que qualquer semelhança com a realidade é pura ficção. Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”.
Focando a sua intervenção no sector da Educação, o social-democrata frisou que a falta de recursos e a falta de meios, de financiamento e de investimento público nesta área é um problema reconhecido por todos no país, mas, infelizmente, as soluções não se encontram neste Orçamento. Refere o deputado que o Governo vem com a conversa do costume, de que agora é que vai haver investimento público, ao mesmo tempo que corta nas dotações orçamentais quer para o funcionamento, quer para o investimento em 2020. Assim, Luís Leite Ramos questionou à bancada do PS como é que vai acontecer este milagre e com este Orçamento se resolver os problemas de falta de investimento e de recursos nas escolas, se o Orçamento prevê menos recursos e menos dinheiro para o fazer.

09-01-2020 Partilhar Recomendar
14-02-2020
Carla Madureira: é preciso garantir mais justiça e equidade aos docentes contratados com horários incompletos
    A deputada entende que “é tempo de o governo assumir o compromisso de garantir um tratamento justo destes profissionais”.
13-02-2020
Regime de autonomia e gestão das escolas permitiu dar “um salto qualitativo do sistema educativo”
    António Cunha manifestou a oposição do PSD a um regresso a modelos de gestão e administração do século passado.
07-02-2020
OE2020: Parlamento aprova 12 propostas do PSD
   
06-02-2020
“O Orçamento não corresponde ao que o PSD entende como necessário para o futuro do País”
    Rui Rio afirmou que “era possível fazer mais e muito melhor, por Portugal e pelos portugueses”.
06-02-2020
PSD quer reduzir o IVA da eletricidade para as famílias portuguesas
    Duarte Pacheco reafirmou que o PSD está disponível para assumir os compromissos que forem necessários para que esse objetivo seja alcançado.
05-02-2020
Afonso Oliveira: propostas do PSD visam melhorar a vida dos portugueses
    O Vice-Presidente da bancada do PSD fala numa alternativa à política de aumento da carga fiscal praticada pelo governo.
05-02-2020
PSD defende o reforço das verbas para a Polícia Judiciária e Procuradoria-Geral da República
    Catarina Rocha Ferreira fala numa proposta válida “para um país mais seguro e justo”.
05-02-2020
Eduardo Teixeira expressa oposição do PSD a aumentos salariais de 80% para os funcionários do Presidente da República e do Primeiro-Ministro
    O deputado afirmou ter dúvidas que o Presidente da República tenha conhecimento desta medida do governo.
05-02-2020
PSD propõe que o Estado facilite a vida às empresas que pretendem reinvestir os seus lucros
    Sofia Matos frisa que incentivar as empresas a investir é apostar na economia e nos salários.
05-02-2020
PSD contesta o fim da isenção de IMI para os prédios classificados como monumentos nacionais ou de interesse público
    Alexandre Poço entende que o governo está a colocar em causa a política de proteção de património nacional e arquitetónico.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas