Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
“Facilitismo é a palavra-chave da política educativa deste governo”
Emídio Guerreiro acusou o executivo de querer “uma escola onde se faz de conta que todos sabem e todos passam”.
Emídio Guerreiro considera que o “facilitismo é a palavra-chave da política educativa deste governo”. Numa Declaração Política em nome do PSD, o social-democrata acusou o executivo de querer “uma escola onde se faz de conta que todos sabem e todos passam, uma escola onde impere o facilitismo e não o trabalho e o empenho”.
De acordo com o deputado, olhando para o que se fez nas escolas nos últimos 4 anos é fácil entender que não estamos perante uma decisão meramente pedagógica, bem pelo contrário. “Esta decisão política mais não resulta que da conjugação de duas coisas: poupar dinheiro e atingir de forma artificial números de excelente desempenho escolar. É o próprio governo que quantifica em 250 milhões de euros por ano a poupança com o fim das retenções. Agora já não se trata apenas de cativar, vai-se mais longe e entra-se em poupanças sem atender às consequências”.
De seguida, o social-democrata recordou que num mundo perfeito todos os estudantes apreendem tudo e adquirem os conhecimentos necessários. “Mas infelizmente não vivemos num mundo perfeito. Os nossos alunos vêm de diferentes contextos familiares, de múltiplas condições sociais e esta sistemática tentativa da esquerda em tratar por igual aquilo que não o é, reduz as possibilidades dos mais desfavorecidos. Quando um estudante, porque a escola que temos e a sua família não lhe deram as condições necessárias, não apreendeu, não sabe as matérias e passa de ano, o Estado não está a cumprir o seu papel de potenciar a igualdade de oportunidades e está a roubar-lhe o futuro. É disto que se trata com o primado do facilitismo.”
Frisando que não se trata aqui de tornar o “chumbo” o alfa e ómega do sistema educativo, Emídio Guerreiro sublinhou que a “escola pública é uma ferramenta indispensável para a igualdade de oportunidades. Uma escola onde se pretende que as retenções diminuam e que até desapareçam por os alunos saberem. Por adquirirem conhecimento e competências. E nunca por decreto. A escola pública tem de ser um local onde se ensina e apreende. As matérias curriculares e as não curriculares. Onde os funcionários e os professores sejam respeitados e valorizados por todos”.
A terminar, o parlamentar alertou que o governo, mais uma vez, “põe em causa todo o trabalho e empenho de milhares de profissionais que tentam todos os dias dar conhecimentos e competências a jovens para que estes possam ter um futuro melhor. Não é isto que queremos. Não é disto que as famílias e os jovens portugueses precisam e merecem. Merecem uma escola que os prepare para um mundo em permanente mutação onde o conhecimento será cada vez mais fundamental para cumprir uma vida digna.”
20-11-2019 Partilhar Recomendar
14-02-2020
Carla Madureira: é preciso garantir mais justiça e equidade aos docentes contratados com horários incompletos
    A deputada entende que “é tempo de o governo assumir o compromisso de garantir um tratamento justo destes profissionais”.
13-02-2020
Regime de autonomia e gestão das escolas permitiu dar “um salto qualitativo do sistema educativo”
    António Cunha manifestou a oposição do PSD a um regresso a modelos de gestão e administração do século passado.
04-02-2020
PSD quer corrigir as injustiças na atribuição dos manuais escolares
    Cláudia André afirmou que os manuais escolares devem ser gratuitos para todos os alunos da escolaridade obrigatória ou para todas as famílias cujos rendimentos brutos anuais sejam inferiores a 40 000 euros.
04-02-2020
Ensino Superior: PSD apresenta medidas que visam garantir que a ação social chega a quem mais precisa
    Margarida Balseiro Lopes considera fundamental garantir que ninguém fica para trás.
09-01-2020
“Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”
    Luís Leite Ramos fala numa “peça literária de pura ficção”.
19-12-2019
“A contabilização de todo o tempo congelado para efeitos de progressão é uma questão de elementar justiça”
    Luís Leite Ramos enfatizou que “a posição do PSD é a de sempre”.
18-12-2019
“A educação não foi nem é uma prioridade para este Governo”
    Luís Leite Ramos fala em “palco de experimentalismos, de passos irrefletidos, de precipitações e de caprichos ideológicos”.
12-12-2019
“As escolas estão em situação de extrema carência de funcionários”
    António Cunha acusou o PS de não estar interessado em resolver este problema.
10-12-2019
Rui Rio denuncia: “degradação” da escola pública deve-se às políticas socialistas
    O líder do PSD confrontou o Primeiro-Ministro com os dados do PISA.
21-11-2019
Transição Digital: governo deve estabelecer metas e prazos
    Filipa Roseta apelou à “coragem política” do executivo para “firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos”.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas