Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
PSD propõe a criação de uma Comissão para preparar o Futuro
Margarida Mano lembrou que os deputados estão no Parlamento “para servir o Presente e preparar o Futuro”.
Numa Declaração Política com os olhos postos no Futuro, Margarida Mano afirmou que o Parlamento tem a obrigação de prestar atenção para além do seu mandato, de “unir os pontos” no presente, de olhar “para trás”, ao mesmo tempo que olha “para a frente”, assegurando a necessária solidariedade geracional em que assenta a identidade de um povo e a sua sobrevivência.
De acordo com a Vice-Presidente da bancada do PSD, a escolha deste tema para a realização de uma declaração política a título individua, assenta essencialmente por três motivos: “porque esta é uma preocupação que me acompanha há muitos anos, porque este é um tema ausente na atividade regular do nosso parlamento (apesar de um grande número de decisões presentes gera efeitos sobre as gerações seguintes) e, terceira e última razão, porque fora do Parlamento ouvem-se gritos por todos os lados”. A este propósito, recorda a parlamentar, o alerta da jovem Greta Thunberg, que “viu aquilo que nós não queremos ver”, e com a força da convicção, gritou aos líderes internacionais em Davos: «a nossa casa está a arder. Estou aqui para vos dizer que a nossa casa está a arder».
Para Margarida Mano, não podemos ficar indiferentes, pois “estamos neste Parlamento para servir o Presente e preparar o Futuro. Isto implica reflexão, analisar riscos, pensar políticas públicas, construir plataformas de consenso. Ainda que ajamos a pensar no Futuro, as preocupações e os desafios deste são muitas vezes esquecidos”. Para contrariar essa realidade, a parlamentar garantiu que “o PSD irá propor uma Comissão para o Futuro na Assembleia da República Portuguesa para a próxima legislatura, conforme anunciado pelo Presidente do Grupo Parlamentar recentemente”. “A análise prospetiva deve ter caráter transversal, abrangendo todas as áreas da governação: requer um espaço próprio e consequente no Parlamento. Entendemos que o debate sobre os grandes temas do Futuro – do clima à Inteligência Artificial, passando pelos desafios demográficos que enfrentamos – reclama o envolvimento e participação continuada de todos os partidos políticos desta Câmara. Não pretendemos, com isto, condicionar quem vem a seguir a nós, mas sentimos que temos a responsabilidade de criar um espaço, tanto formal como real, para reflexão. Um santuário onde se olhe para lá da tática e da agenda eleitoral, onde se avalie o que foi feito no passado e se identifiquem os desafios que se adivinham no horizonte”.
A terminar, Margarida Mano enfatizou que “estamos neste Parlamento para servir o Presente e preparar o Futuro. Isto implica construir plataformas de consenso num espaço próprio que poderá ser, e espero que venha a ser, a Comissão para o Futuro”.
02-07-2019 Partilhar Recomendar
10-01-2020
Sofia Matos: será que o governo socialista conhece o país que governa?
    A deputada sinalizou as limitações das medidas orçamentais dirigidas aos jovens.
09-01-2020
“Este é um Orçamento sem ambição, sem visão de futuro, sem estratégia, sem rumo e sem responsabilidade”
    Luís Leite Ramos fala numa “peça literária de pura ficção”.
19-12-2019
“A contabilização de todo o tempo congelado para efeitos de progressão é uma questão de elementar justiça”
    Luís Leite Ramos enfatizou que “a posição do PSD é a de sempre”.
18-12-2019
“A educação não foi nem é uma prioridade para este Governo”
    Luís Leite Ramos fala em “palco de experimentalismos, de passos irrefletidos, de precipitações e de caprichos ideológicos”.
12-12-2019
“As escolas estão em situação de extrema carência de funcionários”
    António Cunha acusou o PS de não estar interessado em resolver este problema.
10-12-2019
Rui Rio denuncia: “degradação” da escola pública deve-se às políticas socialistas
    O líder do PSD confrontou o Primeiro-Ministro com os dados do PISA.
21-11-2019
Transição Digital: governo deve estabelecer metas e prazos
    Filipa Roseta apelou à “coragem política” do executivo para “firmar, cumprir e estabelecer metas e prazos”.
20-11-2019
“Facilitismo é a palavra-chave da política educativa deste governo”
    Emídio Guerreiro acusou o executivo de querer “uma escola onde se faz de conta que todos sabem e todos passam”.
14-11-2019
Cláudia André: PSD apela à celeridade na aplicação da sesta no Pré-escolar
    A parlamentar considera que é urgente encontrar uma solução para uma matéria que atinge cerca de 130 000 crianças.
14-11-2019
Grupo Parlamentar do PSD elegeu Coordenadores e Vice-coordenadores
   
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas