Grupo Parlamentar do Partido Social Democrata
Facebook Twitter YouTube Sapo Vídeos Flickr instagram
Home Agenda Actualidade Deputados Direcção Galeria Contactos RSS
Plenário/Audiências/Comunicação Social/Comissões
Notícias/Plenário/Comissões
Por nome/Por comissão/Por círculo
Presidente/Direcção
Vídeos/Fotografias
 
Prevenção de incêndios: PSD pede ao governo que seja mais expedito e menos panfletário
Carlos Peixoto sublinhou que os sociais-democratas não vão descansar enquanto não assegurarem que as populações estão muito mais seguras do que estiveram em 2017.
Carlos Peixoto apresentou, esta sexta-feira, quatro iniciativas do PSD referentes à floresta e prevenção de incêndios. No início da sua intervenção, Carlos Peixoto começou por desmontar as encenações montadas pelo governo, sublinhando que, quando a dimensão das tragédias é gigantesca, “convenhamos que por pudor, há algum folclore, algum circo e há algumas declarações que se devem evitar. A par de ações meritórias que existem e que são louváveis e da hábil transferência de responsabilidades para os cidadãos e para os municípios, há nisto, por parte do governo, uma meticulosa fabricação de factos. Com dois objetivos: sacudir a ideia de que o governo falhou em 2017 e similar a ideia de que em 2018 está tudo providencialmente preparado”.
Frisa o social-democrata que “nada é mais ilusório”, acrescentando que, “infelizmente, uma coisa é o que parece e se anuncia, outra, bem diferente, é o que é”. Prova disso, adianta, são as 24 iniciativas que propõem ou aconselhem medidas que o governo ainda não adotou. “Não há um único partido, da esquerda à direita, que não tenha sugestões ou ações para fazer ao governo. Todos, sem exceção, acham que deve ser feito mais, melhor e diferente daquilo que o governo está a fazer, inclusivamente o PS”.
Para Carlos Peixoto, se o parlamento se mobiliza desta maneira, com esta expressividade, “é porque considera que não chega o que está ser feito e que a atual política florestal e de proteção civil está ainda muito aquém do nível de autossatisfação que este governo manifesta no dia-a-dia”.
De seguida, o Vice da “bancada laranja” recordou que este é já o quarto debate sobre incêndios, algo que pode fazer com que a opinião pública já esteja cansada em ouvir falar deste tema. Contudo, enfatiza, “o PSD nunca está cansado e não estará cansado de tudo fazer para assegurar que em 2018 as populações têm de estar muito mais seguras do que estiveram em 2017 e que os dramas como os de Pedrógão e os de 15 e 16 de outubro jamais se poderão repetir”.
Mas para que tal aconteça, refere, há “barracadas” por resolver, nomeadamente em relação aos meios aéreos, e o estado da arte não é tranquilizante. “No que respeita aos meios aéreos, o governo anda literalmente com a cabeça no ar. No que respeita aos meios em terra, o governo ainda não pôs os pés no chão. Ao contrário do que aconteceu em anos anteriores, a Diretiva Operacional Nacional, que estabelece o planeamento, organização e a coordenação de todos os meios operacionais, ainda não foi revelada. Se o tempo muda, e vai mudar, e se os incêndios voltam, e vão voltar, podemos ter de enfrentar um novo caos. Os avisos vêm de todo o lado e vêm, mais uma vez, da bancada do PSD que pede ao governo para que seja mais expedito, mais veloz, mais eficaz, mais responsável e menos temerário e panfletário”.
A terminar, Carlos Peixoto lembrou que apagados os incêndios, a memória das pessoas e o sofrimento das vítimas não se apagou. “E são essas que merecem que o Estado e o poder político estejam à altura das suas responsabilidades, projetando o futuro da proteção civil”, rematou.

13-04-2018 Partilhar Recomendar
17-10-2018
Passividade e inoperância do governo não pode continuar a condenar o interior ao abandono
    Um ano após a tragédia dos incêndios de outubro, Fátima Ramos frisou que urge a construção de um país diferente, mais competitivo e menos assimétrico.
17-10-2018
Furacão Leslie: PSD defende a atribuição de apoios às populações afetadas
    Maurício Marques frisou que o Orçamento deve conter medidas para apoiar as zonas atingidas.
07-06-2018
Incêndios: PSD questiona o governo sobre reconstrução das casas destruídas
    Os sociais-democratas querem saber qual o ponto de situação da reconstrução das casas de primeira habitação.
17-05-2018
Incêndios: PSD exige saber como serão distribuídas as verbas do Fundo de Solidariedade da UE
    Os deputados do PSD eleitos por Santarém entregaram no Parlamento uma pergunta dirigida ao Ministro do Planeamento e das Infraestruturas.
09-05-2018
"Por que razão o PS demorou mais de três anos a demarcar-se de José Sócrates?"
    Fernando Negrão levou o “Caso Sócrates” ao debate com o Primeiro-Ministro, onde também desafiou António Costa a responder se o País está preparado para os incêndios.
02-05-2018
Carlos Peixoto: “os portugueses têm o direito de saber o que se passou no dia dos incêndios de Pedrógão”
    Perante as notícias de que foram destruídos documentos sobre o incêndio de Pedrógão Grande, o social-democrata solicitou ao governo a divulgação do relatório.
13-04-2018
Maurício Marques exige ao que governo apoie os pequenos agricultores afetados pelos incêndios
    O deputado defendeu a abertura de uma nova fase de candidaturas para apoiar os “lesados pela incompetência do governo”.
13-04-2018
“Estamos a um mês da época de incêndios e ninguém sabe quais são os meios operacionais disponíveis”
    Duarte Marques alerta que, mais uma vez, “está tudo atrasado”.
10-04-2018
Incêndios: PSD acusa o governo de discriminação na distribuição de apoios
    Os sociais-democratas contestam a opção do governo de distribuir de forma diferenciada os apoios aos concelhos afetados pelos incêndios.
05-04-2018
Cultura: governo não honrou a palavra dada
    Fernando Negrão saudou os agentes culturais por terem desencadeado a maior onda de contestação na Cultura das últimas décadas.
Seguinte Último
Galeria Vídeos
Galeria Fotos
Intranet GPPSD
Dossiers Temáticos
Canal Parlamento
Agenda
Newsletter
Submeta a sua Notícia
Links
Partido Social Democrata
Instituto Francisco Sá Carneiro
Grupo Europeu PSD
Juventude Social Democrata
Trabalhadores Social Democratas